Categorias
Blog

7 ferramentas úteis para freelancers

Ser trabalhador independente é solitário.

Estas são ferramentas úteis para freelancers, que te podem apoiar, aconselhar e tornar os teus dias difíceis um bocadinho mais fáceis.

O que são estas ferramentas úteis para freelancers? São 7 sites e sugestões para teres à mão sempre que precisares de ajuda. Seja em finanças, gestão de tempo, conseguir mais clientes ou construir um bom portfólio. Não estás sozinha 🙂

Contabilista a quem fazer todas as perguntas (sobretudo as mais parvas)

Se não tiveres regime de contabilidade organizada, não és obrigado a ter um contabilista a quem pagas todos os meses.

No entanto, é boa ideia teres o contacto de um contabilista de quem gostes e com quem possas tirar todas as tuas dúvidas.

É importante que seja alguém com quem te sentes à vontade para fazer perguntas que achas que são básicas ou estúpidas. Não há perguntas estúpidas quando se trata de gerir as tuas finanças — tens de entender o que se passa com o teu dinheiro! — mas alguns contabilistas podem ser intimidantes, ou não estarem disponíveis para te explicar tudo o que queres saber.

Pergunta a outros freelancers, junta contactos e preços, e, quando estiveres com dúvidas a sério, marca uma consulta.

Ou, se as tuas dúvidas puderem esperar, agenda uma consulta anual para reveres as tuas finanças, impostos e tudo o mais.

Eu recomendo muito a Planus Contabilidade. A Lurdes e a sua pequena equipa são excelentes, ponderadas e ouvem-te com a mesma atenção que a um cliente milionário. Não encontras nas redes sociais, mas podes chegar a elas através do email planus.geral@gmail.com

Freela School

cartaz da live Como e porquê se pagar um salário fixo
Freela School, Denise Saito

No outro lado do oceano, a Denise Saito está a criar um projeto incrível, bonito e muito completo: o Freela School. Começou pelo instagram, e agora encontram também um site com blog e um canal de youtube.

A Denise é designer freelancer. Fala sobre portfólios, finanças, gestão do tempo, e tudo o que é importante sabermos como independentes.

Claro que é tudo em R$ em vez de €, mas é fácil fazer a conversão. E claro que o custo de vida no Brasil e os preços que praticam não são o mesmos. Já para não falar dos impostos, que são bem mais baixos do que os nossos.

Tabela de Referência de Preços

Dedicar alguma tempo a construir a tua Tabela de Referência de Preços é sempre um dos meus conselhos quando alguém começa a fazer orçamentos pela primeira vez.

Pode demorar um ou vários dias, mas se conseguires chegar a valores dignos para o teu trabalho e os puderes usar a longo prazo, compensa o tempo que perdeste.

Usa a tabela como referência como valores mínimos para o teu trabalho. Assim, quando alguém te pedir um orçamento, terás menos tendência a baixar o preço e não tens de começar a calcular do zero.

Se és um freelancer experimente, é natural que não precises de uma tabela destas. Mas, se estiveres a começar, vê aqui como construir uma tabela de referências para o teu trabalho.

O Manuel de Sobrevivência

ilustração do Manuel de Sobrevivência
O Manuel de Sobrevivênvia, biakosta e Rúben Roxo

Manuel é um projeto da biakosta e do Rúben Roxo que junta informação sobre ser um freelancer criativo em Portugal. No site deles encontras alguns testemunhos que estão a recolher (em formato podcast com As Conversas do Manuel).

É um projeto para seguires de perto enquanto cresce, e podes deixar as tuas questões através de mensagem no instagram ou no formulário disponível no site.

Tabela de Cálculo do Valor Líquido

Umas das nossas más tendências quando começamos a fazer orçamentos é achar que vamos ganhar tudo o que estamos a cobrar ao cliente, mas não, nada disso.

O que o cliente paga é o valor bruto. O que nós recebemos no final, o nosso lucro, é o valor líquido.

A Tabela de Cálculo do Valor Líquido é uma das ferramentas úteis para freelancers. Esta tabela, no fundo, é um excel formatado com os teus dados de impostos, com uma fórmula para calcular automaticamente o valor final.

Se tiveres a tua tabela preparada, rapidamente consegues perceber, inserindo o valor bruto (total) do trabalho, quando vais ganhar no fim — depois de tirares a segurança social e a retenção de IRS.

As taxas dos impostos devem estar adequadas às tuas características, claro.

Assim, para ajudar, criei uma tabela editável e com notas sobre os impostos, que podes obter gratuitamente subscrevendo a minha newsletter através deste link: quero a tabela para calcular o valor líquido.

Ladies Wine Design (Porto, Aveiro, Lisboa, …)

gif ladies wine and design

Os colectivos Ladies Wine Design (LWD) são grupos de mulheres, designers e ilustradoras, que se juntam periodicamente em sessões de conversa, workshops e outras atividades. Existem colectivos LWD um pouco por todo o mundo. O primeiro LWD foi criado pela Jessica Walsh, como reação aos comentários sexistas que recebia em resposta ao seu sucesso como designer.

Sobretudo se fores mulher a trabalhar como designer, como freelancer ou contratada, procura o grupo mais próximo de ti e envolve-te na comunidade.

Além disso, a LWD Porto está a fazer um inquérito anónimo a designers (mulheres e não só) e a juntar informação sobre quanto ganham, o que fazem e em que condições, para que consigamos perceber melhor o estado do trabalho em design em Portugal.

LWD Aveiro

LWD Lisboa

Minuta de Contrato de Prestação de Serviços

Num mundo ideal, fazes um contrato com cada um dos teus clientes.

Para trabalhos mais rápidos e pequenos nem sempre é útil complicar o processo de contratação, mas em trabalhos maiores (em valor e no tempo), considera a sério estabelecer um contrato, assinado, com o teu cliente.

Um contrato protege-te a ti e a ele, assegura a seriedade do trabalho e define, por escrito, os termos de ambos.

Encontras informação sobre contratos para trabalhos de design no site da AIGA. Além disso, há minutas muito simples de contratos de prestação de serviços online.

Estou a trabalhar para te fazer chegar uma minuta boa, com tudo o que é preciso, em português.


Este post sobre ferramentas úteis para freelancers tem como base a Dica do Freelancer #2, publicada a 25/7 no instagram em @sofiarochaesilva